O ilustre desconhecido da música clássica: José Siqueira

José de Lima Siqueira foi maestro e compositor de cantatas, óperas, concertos, oratórios, sinfonias, livros didáticos musicais de canto, instrumentação. Seus trabalhos repercutiram no Brasil, E.U.A; Canadá, França, Portugal, Itália, Rússia e outros países.

Nascido na Paraíba e de um pai que era um mestre musical da banda Cordão Encarnado, desde cedo aprendeu a tocar vários instrumentos como saxofone e trompete (principalmente os de sopros porque eram os mais acessíveis), segundo o próprio Siqueira, na sua cidadezinha natal não havia sequer um piano decente.

Na adolescência atuou em diversas bandas locais, mas o destino o levou para mais longe da Paraíba, de início ao Rio de Janeiro, como integrante das tropas para combater a Coluna Prestes, porém não abandona a música e participa da Banda Sinfônica da Escola Militar como trompetista, começa a iniciar os estudos mais sérios de música, inicia sua carreira no Brasil até alcançar as grandes orquestras como a Sinfônica da Filadélfia, Detroit, Rochester, Roma.

Na vida adulta é também iniciada sua tentativa de facilitar o contato da música erudita e clássica com os brasileiros, fundando a Orquestra Sinfônica Brasileira, do Rio de Janeiro, a Orquestra da Câmara do Brasil, oficializou com Miguel Arraes a Orquestra Sinfônica do Recife (a mais antiga do país).

Apesar de ser um grandíssimo músico, por problemas ideológicos (ele apoiava o comunismo), é exilado (se vivia na ditadura militar), acabou aceito como regente na Orquestra Filarmônica de Moscou e lá suas obras foram editoradas e preservadas.

Ainda hoje é muito difícil ter acesso a suas obras, o que o torna Desconhecido e Ilustre da Música Clássica Nacional, porém a internet está ajudando e abaixo vocês verão uma cantata dele e percebam que suas obras valorizavam a cultura negra e os traços populares!

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Jos%C3%A9_de_Lima_Siqueira
http://bobcarell.blogspot.com.br/…/jose-siqueira-o-genial-m…
Compartilhar Google Plus

Autor Roberto Tinée

    Blogger Comentario
    Facebook Comentario
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial